Porque não devemos prometer o que não podemos cumprir.

Se você quiser ler o texto todo, ótimo, senão, eu poupo o seu tempo: Não devemos prometer o que não podemos cumprir porque as pessoas se decepcionam e você fica em descrédito.

Eu to cansada de pessoas que prometem as coisas e não cumprem.

Cansada de promessas que vão desde chocolates em troca de favores, a passeios marcados e desmarcados no minuto final, de compromissos sérios (e isso inclui reuniões, aulas de inglês, discussão ou resolução de algum problema com data marcada) desmarcados por motivos fúteis, estúpidos e sem embasamento.

To cansada porque eu me decepciono muito fácil, sabe. Eu sou daquelas que ainda acredita nas pessoas. E não adianta me falar que não é assim que funciona quando deveria ser assim.

Tá, tá, a sociedade tá deturpada, as pessoas são mentiras ambulantes andando por aí, mas poxa, ninguém consegue honrar sua palavra?!

Pessoas que prometem coisas e não cumprem viram tipo, políticos.

Isso antigamente era motivo pra assassinato, sabia?!

Será que futuramente nós teremos que tratar as pessoas como negócios, e criar contratos pra que elas cumpram com o que prometem?!

Seria um serviço bem burocrático, não?! Além do mais, teríamos de criar super cláusulas com métodos de punição bem claros, e que envolvesse dinheiro, pois por termos uma (mais uma vez) sociedade deturpada, as pessoas só tomam atitudes quando mexem no bolso delas. Taí o exemplo da lei seca.

Sobre o fato de ainda acreditar nas pessoas, eu sou daquelas que acredita que a esperança é a última que morre. Exceto se minha sogra se chamar esperança, né.

Eu acredito que as pessoas são, ou seriam capazes de cumprir com o que combinam se pensassem um pouco mais nos outros. Se amassem o próximo como a si mesmo, assim como diz na bíblia e como Jesus deixou no mandamento. Não só por isso, mas também porque amar o próximo é uma forma de termos uma sociedade melhor, um mundo menos violento, menos triste…

Você não precisa amar aquele cara chato do seu serviço, nem o seu vizinho que fica fazendo barulho enquanto você dorme. Não de acordo com esse texto.

Mas você poderia amar aquela pessoa que você gosta, que você sentiria falta caso ela sumisse, fosse embora, aquela pessoa que se importa com você e que você se importa.

Decepção é muito ruim. Muito mesmo.

Mas assim, sendo bem sincera, tudo que eu disse aí em cima é utopia… Pelo menos eu acho, porque é totalmente diferente do que acontece hoje….

As pessoas se sentem só, mesmo com milhões de pessoas a sua volta. As pessoas se sentem tristes, mesmo sem motivos aparentes. As pessoas se sentem perdidas, ‘não sendo deste mundo’. Tudo isso acontece porque essas mesmas pessoas só se preocupam com o seu próprio problema, com a sua própria dor, não se preocupam em ouvir o outro, em ouvir o desabafo, o choro, a alegria do outro… E assim cada um se fecha no seu mundinho… “Eu te ligo pra gente conversar melhor, pra vc desabafar e tals…”

No final? Todo mundo reclama da mesma coisa, mas não mexe o rabinho e nem faz a sua parte pra melhorar um pouquinho da situação.

Eu continuo fazendo, continuo apanhando e continuo acreditando, porque eu creio que existem mais pessoas como eu, que acreditam nos outros e que ainda tem a esperança de um mundo ‘melhor’ (clichê, eu sei).

Só preciso de um tempo pra me recuperar das decepções, afinal elas se acumulam. E whatever se o mundo não pára pra eu juntar os caquinhos do meu coração que foi quebrado. I don’t care. Ou melhor, eu ligo, mas só  se eu precisar ser forte pra colaborar com outra pessoa em pior estado/situação do que eu.

E tenho dito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: